• 19 de julho de 2019

Mitos e Verdades – Aesdes Aegypti – Parte 1

Mitos e Verdades – Aesdes Aegypti – Parte 1

O medo de adoecer por causa da dengue leva as pessoas a utilizarem alguns métodos que nem sempre são eficazes para o combate ao mosquito.

Precisamos saber que o melhor remédio para combater a doença é a atitude de cada um de nós. Dengue é um problema real. É uma doença séria que pode causar a morte. É universal e acomete pessoas de todas as classes sociais.

Por isso, somente com a adoção de novos comportamentos em nosso dia-a-dia poderemos contribuir para a prevenção e o controle da ocorrência da doença em nosso meio, rua, bairro, cidade. Ou seja, no lugar onde estivermos. Confira dicas do que é verdade e do que é que mito:

Basta secar os lugares onde tem água parada?

Não adianta só secar os reservatórios de água parada. Tem de limpar também. O ovo do mosquito pode se manter viável por mais de um ano na água.

O mosquito da dengue pica apenas durante o dia?

O mosquito pica principalmente durante o dia, mas se tiver oportunidade também vai picar a noite.

É verdade que apenas a fêmea pica?

Sim. Ela necessita do sangue em seu organismo para amadurecer seus ovos e assim dar sequência no seu ciclo de vida. Ela pode colocar até 500 ovos durante seu tempo de vida, que varia de 30 a 45 dias, tempo suficiente para picar até 300 pessoas.

Velas de citronela ou andiroba ajudam no combate ao mosquito?

Não, pois esses recursos têm efeito temporário e indeterminado.

O inhame e o complexo B ajudam na prevenção da doença?

Não. As pessoas falam que principalmente o complexo B tem um cheiro muito forte e espanta o mosquito, mas não é verdade. Tomar vitamina B para evitar a aproximação do mosquito não se mostra eficaz, uma vez que o efeito varia de acordo com o metabolismo da pessoa, podendo não repelir o mosquito.

É possível distinguir a picada do Aedes aegypti da picada do mosquito comum?

Não. A sensação de eventual coceira ou incômodo é igual a picada de qualquer outro mosquito.

A água de piscinas pode servir de criadouro para o mosquito?

Depende. Se a água estiver bem tratada e com a concentração recomendada de cloro, o mosquito não se desenvolve. Já foi comprovado que a água com cloro e a água salgada funcionam como repelentes. Caso contrário, o mosquito pode se desenvolver sim.

Aplicar borra de café na água das plantas e sobre a terra ajuda a combater o mosquito?

Não. A eficácia da borra de café não foi comprovada (já foi verificado na prática que a água suja de borra de café desenvolve a larva do mosquito) e a sua utilização não simplifica os cuidados recomendados que são: a eliminação de pratos junto ao vasos de plantas, a colocação de areia até as bordas dos pratos para eliminar a água e lavar pratos com buchas e sabão semanalmente.

É verdade que o mosquito se reproduz mais rápido no calor? Quais outros hábitos do mosquito?

Sim. No calor, o período reprodutivo do mosquito fica mais curto e ele se reproduz com maior velocidade. Isso explica o aumento de casos da doença no verão. O mosquito fica onde o homem estiver. Prefere picá-lo a qualquer outra espécie e gosta de água acumulada para colocar seus ovos.

Continua… Aqui

Fonte: https://mosquito.saude.es.gov.br/mitos-e-verdades-aesdes-aegypti